Desde 13 de outubro de 2020, as reportagens e notícias exclusivas da Finsiders estão sendo publicadas no portal Finsiders.com.br e na newsletter, que pode ser assinada gratuitamente com o cadastro do e-mail na home do site.

Obrigado e espero vê-los lá,

Danylo Martins
Fundador e editor-chefe


A LendMe, fintech de home equity e operações estruturadas, está preparando a captação de uma rodada Série A, com intenção de levantar uma quantia que suporte a operação durante dois anos. A informação foi antecipada com exclusividade à Finsiders por Elyseu Mardegan Jr., cofundador e CEO da empresa.

A captação será direcionada inicialmente para investidores pré-selecionados em Nova York e Dubai. Mas a fintech também está em contato com investidores locais fora do eixo Rio-São Paulo. O roadshow começará em fevereiro, com expectativa de fechar o deal no primeiro semestre, diz o empreendedor.

A plataforma, que usa tecnologia blockchain da…


Leia as notícias mais relevantes sbre fintechs aqui

2020 não poderia ter sido um ano melhor para as fintechs brasileiras. Conforme o report mensal Inside Fintech, do Distrito, as startups do setor financeiro captaram mais US$ 1,9 bilhão ao longo do ano passado, quantia dividida em 115 rodadas. Foi um volume recorde, superando os números de 2019, quando as fintechs no país haviam levantado US$ 1,1 bilhão.

Apenas em dezembro, foram mais de US$ 580 milhões investidos em empresas de tecnologia do setor financeiro, num total de nove rodadas de investimento. Destaques para os rounds da Creditas, que levantou uma…


A STARK, plataforma digital de M&A que conecta investidores a empresas do middle-market, acaba de levantar um seed money (valor não revelado) em uma rodada feita pelo pool de fintechs da Bossa Nova Investimentos.

Segundo apurou a Finsiders, a empresa estava em conversas iniciais com outros investidores, como fundos e family offices, mas optou por fechar a rodada apenas com a Bossa Nova, não apenas pelo dinheiro, mas também pelo smart money do pool de fintechs e do próprio micro VC. A informação foi confirmada por João Vitor Carminatti, cofundador e CEO da STARK.

“Nosso business tem margens altas, nossa…


Danylo Martins | Finsiders

A fintech sueca FinanZero, no Brasil desde 2016, está fechando uma rodada de captação que pode girar em torno de US$ 10 milhões. A empresa já está em conversas e negociação com alguns fundos e a expectativa é que o round seja concluído neste início de 2021, conta com exclusividade à Finsiders Cadu Guidi, sócio-diretor de marketing da FinanZero.

O aporte serviria como uma espécie de pré-Série C, segundo ele. Essa seria a terceira rodada da empresa, que já levantou cerca de US$ 15 milhões em duas captações. …


Danylo Martins | Finsiders

Imagine investir em um residencial sem precisar comprar o terreno ou as cotas de um fundo imobiliário (FII). A fintech mineira Inco quer facilitar o acesso de brasileiros a investimentos em imóveis, com ofertas que permitem aplicações a partir de R$ 1 mil, num modelo de investimento coletivo.

No apagar das luzes de 2020, a empresa levantou sua primeira rodada de investimento, de R$ 1,25 milhão, num aporte liderado pela Bossa Nova Investimentos, acompanhado por uma butique de investimentos de BH e dois conselheiros da startup, conta à Finsiders Daniel Miari, cofundador da Inco, fundada em…


Danylo Martins | Finsiders

Mais da metade (51%) das fintechs brasileiras atendem empresas, com predomínio (41%) de PMEs, enquanto 43% das fintechs atendem pessoas físicas. É o que aponta a pesquisa Fintech Deep Dive 2020, que a Associação Brasileira de Fintechs (ABFintechs) e a PwC Brasil divulgam nesta quarta-feira (23), e cujos dados estão sendo antecipados pela Finsiders.

O foco exclusivo no atendimento a empresas também aumentou de 29% para 40%, indicando uma maior confiança dos clientes corporativos nas fintechs. A evolução da pesquisa ao longo destes três anos também registra o amadurecimento do mercado: no primeiro ano, as empresas…


Por Paulo David e Rodrigo Araújo*, especial para a Finsiders

O mercado de direitos creditórios vem crescendo muito nos últimos anos e com as transformações digitais que o mercado financeiro passa, cresce também a necessidade dos FIDCs, factorings e securitizadoras prepararem suas operações para que possam continuar crescendo de forma segura, rentável e eficiente.

De maneira simples, um direito creditório representa o direito de alguém (credor) receber algum dinheiro ou prestação financeira em virtude de um ato comercial (venda de produto ou serviço) de alguém (devedor) que concordou em pagar a prazo. …


Danylo Martins | Finsiders

A iugu, plataforma de automação financeira para empresas, vai lançar uma conta digital em janeiro e um cartão de débito no primeiro trimestre de 2021, contou à Finsiders Romulo Pereira, diretor de produtos da fintech.

Ex-Gympass e banco BV, ele chegou à empresa em julho deste ano, como parte de um esforço da empresa em fortalecer seu quadro de executivos. Em outubro, a fintech também anunciou Renato Fairbanks Ribeiro como o novo CEO, conforme antecipou a Finsiders. No rearranjo, o sócio-fundador, Patrick Negri, assumiu como CTO.

“Depois da licença do BC [a empresa foi aprovada como…


Danylo Martins | Finsiders

Num movimento de “hiperespecialização”, as fintechs começam a atacar determinados nichos e públicos. É o caso da FinMatch, que acaba de ser lançada e quer oferecer crédito para donos e profissionais de salões de beleza e estética. O foco são os microempreendedores individuais (MEIs) à frente desses negócios ou profissionais autônomos que atuam nos salões, barbearias e clínicas de estética. Mas a ideia não é só ficar no crédito, e sim disponibilizar outros serviços financeiros, como conta digital e adquirência.

Por trás da fintech estão o administrador Plínio de Andrade, com 20 anos de carreira no…

Finsiders

Principal veículo de jornalismo especializado no ecossistema de fintechs no Brasil. Cadastre-se e leia em www.finsiders.com.br

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store